Rio Branco, AC, 14 de abril de 2024 02:02

Após ser condenado por assédio sexual, Frank Lima é presenteado com chefia de gabinete de Bocalom

Facebook
Twitter
WhatsApp

Frank Lima, que é ex-secretário municipal de saúde, em Rio Branco, foi condenado pelo crime de assédio sexual, contra servidoras municipais enquanto este esteve na administração pública da capital acreana. A sentença foi proferida pelo juiz Marlon Machado, do Juizado Especial Criminal do Tribunal de Justiça.

Apos as denúncias, Frank pediu a abertura de um procedimento administrativo na prefeitura. Em seguida, após ouvir as testemunhas e vítimas, o Ministério Público do Acre (MPAC) entendeu que o ex-secretário usou do cargo que exercia para constranger diversas servidoras, por meio de cantadas, elogios constrangedores, toques e insinuações desagradáveis, com conotação sexual, e para obter vantagens ou favorecimento sexual, e acabou afastado do cargo a pedido do órgão controlador.

Mesmo com Frank Lima tendo sido condenado por um crime tão desonesto, que é o da utilização do poder social para tentar ter acesso ao corpo de mulheres, o prefeito de Rio Branco, Sebastião Bocalom (PP), achou que após o caos criado pelo ex-secretário, seria de bom tom trazê-lo de volta para o seio da Prefeitura Municipal de Rio Branco (PMRB), o presenteando com o cargo de Chefe de Gabinete.

“[A vítima] bateu no ombro do acusado para ele lhe largar; Que a declarante era responsável pelos contratos no setor; Que nesse dia o seu chefe imediato tinha lhe solicitado um contrato; Que entrou na sala por uma porta e o acusado por outra porta, porque eram duas portas; Que quando ele a viu, já a agarrou, puxou pela cintura, a suspendeu e a girou; Que foi um constrangimento; Que tiveram outras situações”, diz parte do inquérito.

Frank Lima é o atual Chefe de Gabinete do Sebastião Bocalom. Recentemente foi possível vê-lo em um vídeo onde um morador do bairro Vitória, em uma audiência pública, chamava a equipe de prefeitura de mentirosa, o que comprova o que está sendo dito nesta matéria, acerca da chefia.

Mesmo após condenado sob acusações tão sérias, Frank Lima ser colocado novamente em um cargo de chefia onde outrora ele teria usado em favor de seus desejos pessoais, mostra a provável ausência de preocupação por parte da gestão, com a segurança das mulheres do município.

O Alerta Cidade deixa este espaço em aberto para eventuais esclarecimentos por parte dos envolvidos.