Rio Branco, AC, 14 de julho de 2024 05:40

Cadastro de Reserva do IAPEN protesta na ALEAC para fazer o curso de formação e aumentar o número de vagas

Facebook
Twitter
WhatsApp

Na manhã desta terça-feira, 09, o Cadastro de Reserva (CR) do concurso do Instituto de Administração Penitenciária do Acre (IAPEN), adentrou a Assembleia Legislativa do Estado do Acre (ALEAC), na tentativa de sensibilizar o governo do Estado em chamar os aprovados para servir a instituição.

Na oportunidade, o representante do movimento, João Paulo Nobre falou sobre o intuito do protesto. “Estamos aqui representando os concursados dentro das fases da Polícia Penal (PP), e a gente está aqui na casa do povo hoje tentando sensibilizar o governador pra criação de um PL, pra aumentar o número das vagas do pessoal que foram aprovados, e abrir os demais para o cadastro de reserva.” Disparou.

O Alerta Cidade entrevistou o Luiz Calixto, secretário de governo do Acre, que disse que antes de criar novas vagas, precisa-se pensar na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). “O concurso está em andamento, serão chamados, todos eles são integrantes do Cadastro de Reserva, mas agora nós dependemos para aumentar o número de vagas da permissão da Lei de Responsabilidade Fiscal, porque por enquanto nós só podemos fazer as substituições, ou seja, aqueles que vão ingressar em lugares de vacância, a gente tem que conter a ansiedade. Nós não podemos atropelar o processo, está em andamento o concurso, então nós não podemos colocar a carroça na frente dos bois, nós primeiro temos que chamar aqueles que foram aprovados para preencher o número de vagas existentes.” Frisou Luiz.

A equipe de reportagens conversou novamente com João Paulo Nobre, que disse que o que falta no governo é boa vontade. “Na verdade, com relação à fala do Calixto, a gente vê a necessidade do sistema, mas ele não colocou para vocês que o próprio edital prevê cinco vezes o número de vagas, entendeu? Então não precisa, nesse momento, só precisa do interesse do governador querer convocar esse pessoal para o curso de formação. A gente já está mobilizando com alguns deputados, deputados federais, e esses deputados se comprometeram com a gente e com o governo de bancar esse curso de formação. Então hoje, nessa fala do Calixto, só falta mobilização e interesse do governo querer convocar a gente.” Pontuou.