Rio Branco, AC, 17 de junho de 2024 09:26

Governo do Acre se movimenta para a construção do Viaduto da Corrente, em Rio Branco

Facebook
Twitter
WhatsApp

O governo do Estado, por meio do Departamento de Departamento de Estradas de Rodagem, Infraestrutura Hidroviária e Aeroportuária do Acre (Deracre), reuniu-se em Brasília, nesta quarta-feira, 24, com o coordenador de contratos e convênios da Diretoria de Infraestrutura Rodoviária do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Darcy Siqueira, para elaboração e formalização do termo de cooperação técnica da obra de implantação do Viaduto da Corrente, em Rio Branco. A obra está orçada em R$ 65 milhões.

“É uma obra do governo do Estado, sob responsabilidade do Deracre, e estamos em Brasília trabalhando na elaboração e formalização do termo de cooperação técnica, seguindo as orientações do Dnit e mais uma vez cumprindo uma determinação do governador Gladson Cameli, de garantir a aprovação desse empreendimento tão importante para a cidade de Rio Branco, que conta com recursos de emenda parlamentar do senador Márcio Bittar para execução da primeira etapa da obra”, afirmou o presidente.

Segundo Sócrates, o governo estadual precisa da formalização do acordo com o órgão federal, para liberação de recursos e a licitação da obra. O projeto e o plano de trabalho idealizados pelo Deracre foram encaminhados no início de 2023 ao Dnit, conforme normas e diretrizes impostas pelo órgão federal. A implantação do viaduto é resultado de estudos técnicos iniciados na gestão de Gladson Cameli e está sendo pensado para suprir a demanda das próximas décadas. “É mais um passo para aprovação dessa obra importante e a reunião com Dnit nos possibilitou ter as orientações necessárias”, afirmou.

Recursos do governo federal na ordem de R$ 25 milhões, destinados por meio de emenda parlamentar do senador da República Márcio Bittar, estão assegurados ao governo do Estado para execução da primeira etapa da obra.

Além disso, o futuro viaduto se consolidará como um marco na mobilidade urbana da capital acreana. Localizada na interseção das rodovias BR-364 e AC-40, a passagem de nível eliminará a necessidade de uma rotatória, responsável por grandes congestionamentos ao longo das pistas em horários de pico, assegurando melhoria na fluidez do trânsito em uma região com alto tráfego de veículos leves e pesados. O viaduto também contará com vias de acessos laterais e outras medidas, como a ampliação da ciclovia da Via Chico Mendes, na rodovia AC-40.

A reunião contou com a presença da diretora de Expansão e Planejamento do Deracre, Sula Ximenes; do chefe da divisão, Júlio Martins; e da chefe da Divisão de Convênios, Gina Maria Oliveira.