Rio Branco, AC, 16 de abril de 2024 06:09

Indígena de 44 anos é vítima de estupro em Unidade Penitenciária de Cruzeiro do Sul

Facebook
Twitter
WhatsApp

Um indígena de 44 anos, que não teve o seu nome divulgado, foi atendido no último domingo (07), na Unidade de Pronto Atendimento de Cruzeiro do Sul (UPA) após ter sido supostamente vítima de um estupro.

A vitima apresentava um sangramento anal, e precisou ser encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA). De acordo com informações, o indígena estava numa cela com mais quatro indígenas e que após ter sofrido um espancamento, teria perdido os sentidos e acordado com um sangramento na região íntima.

Segundo o Diretor da Unidade, Elves Barros, os Policiais Penais (PP) encontraram a vítima sangrando, e que o indígena relatou ter sido vítima de estupro e que teriam dado algum tipo de remédio para ele dormir.

A vítima, em depoimento ao delegado Adam Ximenes, revelou ter sido espancada pelos colegas de cela e acordado com sangramento anal. Um exame será crucial para determinar se houve conjunção carnal, podendo levar à acusação de estupro contra o agressor.