Rio Branco, AC, 21 de abril de 2024 05:50

Sem mandato, Jorge Viana tem poucas oportunidades de sair para tomar um refrigerante

Facebook
Twitter
WhatsApp

O petista Jorge Ney Viana Macedo Neves, com 64 anos, ficou conhecido no Acre por sua trajetória política. O mesmo já percorreu os caminhos do Senado Federal, e até mesmo debutou como chefe do executivo estadual, chegando a ser governador do estado entre 1999 a 2007, e anterior a isto, prefeito de Rio Branco.

Em 2018, Jorge Viana virou sinônimo de piada quando em outro país, ao ser indagado por brasileiros revoltados, disparou enquanto saía “Não, eu só vou pegar um refrigerante só”. O caso ganhou grandes proporções, e até os dias atuais o ex-político de carreira é lembrado por isso.

Em meados de maio de 2023, em uma tentativa de manter-se dentro do cenário político, almejando, talvez, interferir na política nacional, Jorge Viana assume a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), mas mais uma vez acabou virando alvo de piada de diversos parlamentares, por não saber falar inglês. Porém, Jorge não ficou calado e disparou “Lula me nomeou pela minha experiência de gestor”.

Fora do cenário político acreano, Jorge não se priva de participar de programas de TV, PodCasts e afins, com o intuito de tentar, talvez, enviar a mensagem do que seria melhor para o povo acreano, esquecendo-se da intensa reprovação do mesmo e do Partido dos Trabalhadores no Acre, devido a todos os profundos escândalos de corrupção que assolam a sigla.

Não há notícias confirmadas de que Jorge Viana retorne para o cenário político acreano, porém, especulasse que o mesmo será o candidato a Senado, do PT, em 2026.