Rio Branco, AC, 29 de maio de 2024 12:24

Suspeito de estupro de vulnerável é preso em Rio Branco após investigação da Polícia Civil

Facebook
Twitter
WhatsApp

Na manhã da última terça-feira, 16, a Polícia Civil do Acre (PCAC), por meio da equipe de investigação da Delegacia de Atendimento à Criança e Adolescente Vítima (DECAV), efetuou a prisão de E.M.S, de 47 anos, suspeito do crime de estupro de vulnerável, na capital Rio Branco.

Segundo informações da polícia, o investigado mantinha relações de parentesco com as vítimas, sendo casado com a avó das crianças. Aproveitando-se dos momentos em que os pais dos menores estavam ausentes por motivos de trabalho e quando sua esposa estava ocupada, E.M.S teria perpetrado os abusos sexuais contra as três crianças, com idades de 5, 10 e 12 anos, que estavam sob seus cuidados.

“O caso veio à tona após as denúncias iniciais, que desencadearam uma investigação minuciosa por parte da DECAV. Além dos abusos em si, a polícia também identificou que o suspeito adotava táticas de intimidação, como o cercamento da residência de uma das vítimas, buscando coagi-la e amedrontá-la”, explicou a delegada titular da DECAV, dra. Carla Fabíola Coutinho.

Diante das evidências coletadas, a autoridade policial, representou pela prisão preventiva de E.M.S. A ordem judicial foi expedida pela 2ª Vara da Infância e Juventude de Rio Branco/AC.

Após a prisão, o suspeito foi conduzido para interrogatório e, em seguida, colocado à disposição da justiça para os devidos procedimentos legais. O caso ressalta a importância do trabalho investigativo da Polícia Civil e o compromisso em proteger as vítimas de violência, especialmente os mais vulneráveis.