Rio Branco, AC, 16 de abril de 2024 05:01

“Você não tem cara que ficou alagada”, disse funcionária da Prefeitura de Rio Branco após negar cesta básica para moradora do bairro Cidade Nova, que passou horas em uma fila

Facebook
Twitter
WhatsApp

Em meio à busca por auxílio alimentar, moradores do bairro Cidade Nova, vítimas da alagação, enfrentam desafios significativos que dificultam o acesso às cestas básicas.

Diversos relatos indicam problemas, desde a ausência de nomes nas listas até situações de abuso verbal durante a distribuição.

Algumas pessoas que se encontram cadastradas reclamam da falta de seus nomes nas listas de beneficiários, levando à situações constrangedoras durante as distribuições. Além disso, foi informado à redação do Alerta Cidade a negativa por parte dos responsáveis pela entrega, que, em alguns casos, alegam falta de informações ou erros nos cadastros.

O bairro de Cidade Nova, que deveria ser beneficiado pelo programa de distribuição de cestas básicas, está enfrentando uma crise humanitária. Diante desse cenário, líderes comunitários e representantes locais estão exigindo uma investigação para apurar as irregularidades.

Ao Alerta Cidade, a Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Rio Branco nos informou que um total de 20 mil sacolões serão distribuídos para às famílias atingidas pela cheia do rio Acre.

“Hoje mesmo temos equipes nos bairros fazendo os cadastros daqueles que não estavam em casa no sábado para que possam retirar seus sacolões, água mineral e kit higiene”, disse a assessoria da prefeitura.

Um relato um tanto quanto intrigante, traz à luz possíveis abusos emocionais que os moradores do Cidade Nova estariam sofrendo. “Você não tem cara de quem foi alagada”, disse uma das funcionárias da Prefeitura Municipal de Rio Branco, que estavam entregando as cestas no Centro de Juventude do bairro, para uma moradora da rua Poços de Caldas, que foi totalmente inundada pelo transbordamento do Rio Acre. A jovem mulher, após passar horas em uma fila, retornou para à sua casa de mãos vazias.