Rio Branco, AC, 29 de maio de 2024 12:45

Acre sedia 27º Fórum de Governadores da Amazônia Legal 

Facebook
Twitter
WhatsApp

O Acre sediará, nos dias 11 e 12 de abril, o 27º Fórum de Governadores da Amazônia Legal, evento de relevância para a discussão e promoção do desenvolvimento sustentável na região. Com a participação de 54 secretários de Estado e chefes de poderes, serão abordados temas fundamentais como o combate às queimadas, aos desmatamentos e a crimes transfronteiriços, e verificados avanços nos diálogos sobre o desenvolvimento econômico e social sustentável.

O encontro será realizado no Auditório do Detran, em Rio Branco, com a presença de representantes do governo federal e dos nove estados que compõem a Amazônia Legal. Outras pautas deverão ser abordadas, como os recursos do Fundo Amazônia e o Plano de Mitigação das Mudanças Climáticas.

O governador Gladson Cameli destacou a importância de trazer o evento para o Acre, enfatizando que serão debatidas questões fundamentais para a sociedade, visando ao combate dos problemas ambientais e à promoção do desenvolvimento sustentável. Ele ressaltou ainda que o Acre está comprometido em promover um fórum bem-sucedido, com resultados significativos para toda a região.

“Estou extremamente orgulhoso e honrado por sediar o 27º Fórum de Governadores da Amazônia Legal no Acre. Esse evento representa uma oportunidade única para discutirmos questões cruciais para o desenvolvimento sustentável da nossa região. Estamos comprometidos em fazer desse encontro um marco histórico, promovendo o diálogo e ações concretas para proteger a Amazônia e garantir um futuro próspero para todos”, afirmou.

Na última edição do evento, durante a 28ª Conferência das Partes (COP) da Organização das Nações Unidas (ONU), os governadores da Amazônia Legal assinaram a Carta de Manaus, comprometendo-se com ações conjuntas para o combate ao desmatamento e às queimadas.

Diversas pastas do governo estadual estão envolvidas na organização, incluindo as de Planejamento (Seplan), Segurança (Sejusp), Comunicação (Secom) e Cerimonial.

Segundo o secretário de Planejamento, Ricardo Brandão, “por orientação do governador Gladson Cameli, o ponto central de discussão do fórum deverá ser o debate sobre os principais projetos e programas que deverão ser implementados de maneira integrada entre as três esferas de governo e demais segmentos sociais, com finalidade de amenizar os impactos e reduzir as consequências das enchentes e inundações nas cidades, terras indígenas e propriedades rurais, de maneira programada que gerem resultados efetivos ao longo dos anos”.

A programação do evento inclui diversas atividades, como cerimônia de abertura, câmaras técnicas, reunião de governadores e entrevista coletiva, além de um circuito cultural pelo Acre. O objetivo é promover o intercâmbio de experiências e ideias entre os participantes, buscando soluções inovadoras e sustentáveis para os desafios enfrentados pela Amazônia Legal.

O 27º Fórum de Governadores da Amazônia Legal deverá constituir um momento relevante para a articulação de políticas e ações que visem o desenvolvimento sustentável da região, reafirmando o compromisso dos estados com a preservação do meio ambiente e o bem-estar das comunidades locais.