Rio Branco, AC, 21 de abril de 2024 07:23

Autoconfiante, Bocalom afirma que seus secretários que serão candidatos dificilmente perderão as eleições para o cargo de vereador

Facebook
Twitter
WhatsApp

O ano eleitoral definitivamente começou na capital acreana. Diversas movimentações começam a acontecer nas mais variadas siglas, principalmente neste período de janela partidária que deve ir até à primeira semana de abril do ano corrente.

O prefeito de Rio Branco, Sebastião Bocalom, após ser exposto publicamente como não aceito dentro do Partido Progressistas (PP), decidiu migrar para o Partido Liberal (PL) para concorrer à reeleição ao cargo de gestor da capital acreana, movimentando a política municipal e levantando diversas especulações.

A um portal de notícias local, Sebastião Bocalom informou que alguns de seus secretários que irão concorrer ao cargo de vereador em Rio Branco, dificilmente perderão as eleições.

“Dos secretários, tem uns cinco ou seis candidatos, que dificilmente perderão a eleição porque irão para disputa com um portfólio de trabalho. Podem não ter grupo político, mas o grupo vai ser o povo. Eu sempre falei isso; tem que trabalhar, nunca fui fazer campanha priorizando questão de grupo, porque se aparecer o trabalho, vai aparecer o voto”, afirmou o atual chefe do executivo municipal.

Os secretários do município, por serem ordenadores de despesa pública, devem deixar os respectivos cargos ainda em abril, devido às exigências previstas em lei.

Sheila Andrade, Joabe Lira, Cid Ferreira , Jhonatan Santiago e Cel. Falcão são nomes prováveis para concorrer à vereança.