Rio Branco, AC, 29 de maio de 2024 14:04

“Cadê o dinheiro do fundo municipal de Cultura, Bocalom?”, questiona coordenadora do conselho municipal de políticas culturais

Facebook
Twitter
WhatsApp

A coordenadora do conselho municipal de políticas culturais, Camila Cabeça, questionou o prefeito Sebastião Bocalom (PL) sobre a redução do repasse destinado à cultura de Rio Branco, na última semana durante o programa Boa Noite Rio Branco.

O recurso que anteriormente era de 2 milhões no ano de 2023, foi reduzido para R$ 300 mil neste ano de 2024. Desfazendo a promessa do prefeito, de que o recurso para a área da cultura seria de modo progressivo.

Em entrevista, sem mencionar nomes, a coordenadora afirma que o vereador que representa o prefeito teria tirado 2 milhões de adequação orçamentária do Vereador Fábio Araújo (MDB), para gastos na Fundação Garibaldi Brasil (FGB).

“Como se fosse um balcão, tirando o dinheiro e deixando apenas 300 mil para o fundo municipal de cultura, quebrando inclusive, a promessa do prefeito Bocalom”, disse a coordenadora.

Além disso, Camila Cabeça destacou atitudes de mordaça por parte da Prefeitura Municipal de Rio Branco (PMRB), pra um determinado movimento para desmobilizar a busca por justiça. A coordenadora destaca a importância de regulamentação destes recursos para a cultura.

“O próximo prefeito tem que se preocupar em regulamentar, pra gente não ter que passar por isso e que ele faça uma suplementação orçamentária e devolva 1 milhão e 700 mil”, finalizou.