Rio Branco, AC, 14 de abril de 2024 02:52

Carro capota e bebê morre após ser arremessada durante acidente na BR-317, e mais 3 pessoas ficam feridas

Facebook
Twitter
WhatsApp

O estudante de medicina Tales do Nascimento Chaves, com 20 anos, Darcizete Freitas do Nascimento, de 42, e Dalcicleia Freitas do Nascimento, com 45 anos, ficaram feridos e uma bebê de 3 meses morreu após um capotamento na tarde desta terça-feira (23), no km 87 da BR-317, no município de Xapuri, no interior do Acre.

Segundo informações das vítimas, um carro Chevrolet Prisma, de cor prata, era conduzido pelo estudante de medicina Tales, e no veículo ainda estavam a mãe e a tia dele, além da prima de Tales, uma menina de três meses. A família havia saído do município de Brasiléia com destino a Rio Branco, onde Tales iria deixar a mãe, a tia e a prima que estavam com viagem marcada para Porto Velho, em Rondônia.

No trajeto para à capital acreana, próximo ao km 87, o veículo passou por um trecho em obras e Tales acabou perdendo o controle ao passar em britas soltas na pista. Em seguida, o veículo saiu da estrada e capotou várias vezes, fazendo com que a bebê que estava afivelada na cadeirinha fosse arremessada para fora do veículo, tendo múltiplas fraturas pelo corpo.

Populares ajudaram as vítimas e acionaram Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que enviou a ambulância de suporte básico 06 para dar os primeiros atendimentos. Ao chegar no local do acidente foi necessário solicitar apoio da ambulância de suporte avançada 01.

A equipe de socorristas atestou a morte da bebê de três meses e, em seguida, socorreu Tales, Darcizete e Dalcicleia, que ficaram com fraturas nas pernas e nos braços, além de um Traumatismo Cranioencefálico (TCE) de natureza moderada. As três vítimas foram encaminhadas para o Pronto Socorro de Rio Branco (PS) onde deram entrada em estado de saúde estável.

O SAMU levou a bebê para a capital e entregou o corpo no Instituto Médico Legal (IML), onde passará por exames cadavéricos.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi acionada e isolou a área para o trabalho da perícia. Após os procedimentos de praxe, o veículo foi removido por um guincho para o pátio da PRF.