Rio Branco, AC, 21 de abril de 2024 06:38

Com ato de filiação de dezenas de jovens, Novo desponta como o partido mais ousado de Rio Branco

Facebook
Twitter
WhatsApp

No último sábado, 3, o Partido Novo, no Acre, realizou por meio da sua executiva estadual de juventude, um grande ato de filiação que aconteceu no seio da democracia acreana, a Assembleia Legislativa.

O ato de filiação esboçou a força e coragem para inovar do Partido Novo, que tem como principal representante o Deputado Estadual Emerson Jarude.

Dennys Rocha, com 21 anos, atual presidente estadual da juventude, e acadêmico de direito, contou para o Alerta Cidade que a partir deste primeiro ato, espera que haja um número maior de jovens envolvidos com as ideias e valores do Novo. De acordo com o líder juvenil, o objetivo da sigla é formar cidadãos e representantes com alta capacidade de tomada de decisão, que beneficie diretamente a sociedade.

Também se fez presente no ato, o jovem mineiro Matheus Biancardine, de 20 anos, que é o presidente da executiva nacional do Novo. A esta redação, ele afirmou que acredita que a sociedade precisa de bons exemplos para à política, e que o trabalho que o deputado da sigla, no Acre, faz, foi um dos principais combustíveis que motivou o evento, e a vinda dele para às terras de Galvez.

Emerson, em seu breve discurso, expressou sua felicidade em ver pessoas que acompanham o seu trabalho desde o início de sua carreira, presentes no ato. “A gente fica muito feliz de ver crianças aqui presentes, ver pessoas que desde 2016 acompanham a nossa trajetória e a cada passo vibram com a gente, comemoram e principalmente, nos dão força. E é essa força que eu espero dessa juventude, que eu já percebi aqui no discurso da Miriam e do Arthur, que são muito talentosos e tem muito a acrescentar para o município de Rio Branco”, frisou.

Um ponto importante que vale a pena ser destacado, e que já virou uma marca nos eventos do Novo, é o trabalho da acessibilidade no que diz respeito as pessoas que são deficientes auditivas, pois sempre que o Novo se coloca em um palco, há um intérprete auxiliando para que a mensagem chegue de forma digna e respeitosa, também nos que possuem determinadas limitações.