Rio Branco, AC, 29 de maio de 2024 12:52

Enquanto falta emprego e oportunidades no Acre, TCE concede auxílio-babá para filhos de servidores efetivos ou comissionados

Facebook
Twitter
WhatsApp

Enquanto a falta de geração de empregos continua sendo uma preocupação para os moradores do estado do Acre, uma notícia chamou atenção: o Tribunal de Contas do Estado (TCE) anunciou que irá fornecer auxílio babás para filhos de servidores.

A presença do contraste social torna-se notória, quando o Acre atingiu 7,5% de desocupação no ano de 2023, de acordo com Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Conforme apontado pela Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), essa taxa representa um dos índices mais elevados da série histórica, superando estados como Tocantins, com 5,8%, e Rondônia, com 3,2%.

Segundo publicação no diário do TCE, datada do último dia 10 de abril, o benefício varia de R$ 570,01 para cada filho ou dependente matriculado em creche, escola ou pré-escola por meio turno, a R$ 885,01 para cada filho ou dependente matriculado em período integral.

Além disso, os servidores têm a possibilidade de utilizar o recurso para contratar babás para seus filhos, podendo ser mais de uma, caso necessário.

Essa medida levanta debates sobre a priorização de recursos em meio a uma crise econômica e social. Por um lado a desocupação é uma realidade presente na vida de muitos acreanos, e por outro, servidores públicos são “agraciados”com auxílios que poderiam ser utilizados para geração de empregos.