Rio Branco, AC, 14 de abril de 2024 21:20

Ex-namorado suspeito de matar mulher asfixiada se entrega à polícia após 2 meses foragido

Facebook
Twitter
WhatsApp

Após dois meses foragido, David de Oliveira Rodrigues, principal suspeito pela morte de Luzia Costa, de 42 anos, no dia 1º de janeiro deste ano, se entregou à polícia na última sexta-feira (15) na Delegacia de Flagrantes (Defla).

O suspeito teve a sua prisão preventiva decretada no dia 5 de janeiro mas desde então, seguia foragido da polícia. O homem era procurado pela justiça desde a madrugada do dia 1º de janeiro, por ser o principal suspeito pela mulher da ex-namorada.

Além de ter passagens pela polícia pelo crime de violência doméstica, David foi indiciado pela morte de Luzia.

Relembre o caso:

David de Souza estava com Luzia, quando o seu filho a encontrou descordada, no dia 1º de janeiro por volta das 7h da manhã e chamou pela mãe. O suspeito teria dito que a mulher estaria desacordada, inconformado, o filho teria arrombado a porta e tentado reanimar a vítima.

Após o ocorrido, o homem teve a sua prisão preventiva decretada pela Vara de Plantão da Comarca de Rio Branco. No entanto, seguiu foragido da justiça. De acordo com a Delegada do caso, Kelcinara Mesquita o homem já tinha passagem pela polícia por crime de violência doméstica

“Constam passagens dele por violência doméstica, outras agressões contra mulheres e outros crimes também. Após a morte, o corpo da Luzia foi encaminhado ao IML, o médico analisou e observou que foi morte por estrangulamento. Daí, a gente começou as investigações, ouvimos todo mundo, e o namorado foi indicado como suspeito”, informou.