Rio Branco, AC, 17 de junho de 2024 07:54

Família acusa IAPEN de omitir que jovem reeducanda tentou suicídio

Facebook
Twitter
WhatsApp

Nesta segunda-feira (15), o Alerta Cidade recebeu uma denúncia da família de uma jovem reeducanda, de 25 anos que teria tentado suicídio, na ala feminina do Presídio Francisco de Oliveira Conde (FOC), em Rio Branco. A jovem estaria passando por problemas psicológicos, sendo essa a terceira tentativa de tirar a própria vida.

Segundo informações da família, a jovem sofre de Epilepsia e realiza tratamento médico na Fundação Hospitalar do Acre (FUNDHACRE), mas esses retornos não estariam mais acontecendo. Em relato, a mãe da moça conta que a visitou no último sábado (13), e percebeu que a jovem apresentava-se muito abalada psicologicamente.

“Ela estava muito abalada, chorando e me pedindo ajuda que não estava mais aguentando aquela cadeia.” Ainda em trechos, a mãe da jovem conta que pediu a advogada do caso que fosse até o presídio para verificar a situação.

No último domingo, a família foi informada que a jovem estaria hospitalizada ao tentar contra a própria vida. No entanto, a família questiona o motivo de ter sido comunicado apenas quando a reeducanda já estava no hospital, e após tentar contato para saber o quadro clínico da moça, a família segou sem resposta por parte da assistência social do presídio.

O Alerta Cidade entrou em contato com a Assessoria de Comunicação e Direção do Instituto de Administração Penitenciária (IAPEN), que nos informou que a jovem se automedicou e precisou ser hospitalizada. A família foi avisada, e a reeducanda encontra-se hospitalizada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA).