Rio Branco, AC, 22 de julho de 2024 08:30

Família custeia prótese para motoboy que teve a perna arrancada em Rio Branco

Facebook
Twitter
WhatsApp

Renan Felipe Bezerra da Silva foi atropelado por Caio Henrique Oliveira Poersch em julho de 2023, e desde então tem enfrentado uma dura batalha para conseguir retornar a própria vida para o mais perto da normalidade que for possível.

Desde o acidente, Renan ficou impossibilitado de trabalhar, e no fim do último ano chegou a dizer que estava passando por algumas dificuldades financeiras, e que até o presente momento, a situação segue similar; ele aguarda por justiça. O condutor do veículo que atingiu Silva, Caio Poersch, foi indiciado por lesão corporal culposa.

“Graças a Deus, os meus amigos me ajudaram muito nesse processo, de depressão, de ansiedade. Isso foi muito importante na minha vida”, disse Renan após relatar as dificuldades que vem enfrentando depois do fatídico dia que arrancou parte do seu corpo.

Poersch, que atropelou Renan, estava dirigindo acima da velocidade permitida e ainda de acordo com as investigações, o mesmo estaria com a sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH), vencida.

A vítima segue firma na luta para recuperar a vida que um dia teve, antes de encontrar com o condutor que o atropelou, mudando todos os seus planos.