Rio Branco, AC, 14 de julho de 2024 05:00

Homem agride com vários socos a esposa e a filha recém-nascida no Mocinha Magalhães

Facebook
Twitter
WhatsApp

A monitorada por tornozeleira eletrônica Nayane Souza de Aquino, com 25 anos, e sua filha de apenas um mês foram vítimas de agressão física na noite da última quarta-feira (10), dentro da própria residência localizada na rua da Laranja, no bairro Mocinha Magalhães, em Rio Branco.

O suposto agressor é o motorista de aplicativo João Kassio Costa Lourenço, de 32 anos, que fugiu e ainda não foi encontrado pelas forças policiais.
Segundo informações da polícia, Nayane é casada com João Kassio, e na noite da última quarta-feira, o casal teve uma discussão dentro da própria residência. Com os ânimos mais exaltados, João teria começado a agredir fisicamente com socos a esposa Nayane e a filha do casal, de apenas um mês de idade, sendo toda a briga testemunhada por outra criança de 5 anos.

Após supostamente agredir a esposa e desferir vários golpes na cabeça da filha recém-nascida, João Kassio saiu de casa e fugiu em sua motocicleta. Vizinhos que ouviram a gritaria e pedidos de socorro acionaram a Polícia Militar (PM) que esteve no local e constatou que a situação já estava controlada. Os militares solicitaram o apoio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que prestou os primeiros atendimentos às vítimas. Elas foram encaminhadas ao Pronto Socorro de Rio Branco (PS) em estado de saúde estável, porém, a recém-nascida apresentava diversos hematomas na cabeça e precisou de uma avaliação médica mais detalhada.

Policiais militares do 1° Batalhão estiveram no local, colheram informações sobre o suspeito e tentaram procurar pelo homem, mas ele não foi encontrado até o fechamento desta matéria.