Rio Branco, AC, 14 de abril de 2024 21:40

Homem que foi preso e solto várias vezes usando tornozeleira eletrônica, assalta loja de acessórios em Epitaciolândia

Facebook
Twitter
WhatsApp

Um assalto foi registrado em plena luz do dia em Epitaciolândia, no interior do Acre. O crime foi registrado por câmeras de segurança de uma loja de acessórios para celulares.

O suspeito foi identificado como Arlindo José Rodrigues Júnior, conhecido como “Paraguai”, que é um conhecido pela polícia da região. Em 2022, ele foi filmado roubando uma moto e uma bicicleta, utilizando um simulacro (arma de fogo de brinquedo).

As imagens das câmeras de segurança da loja de acessórios mostram o momento em que Arlindo entra no local, por volta das 10h. Ele estava vestindo uma camisa preta, calça jeans e um boné, e usou um simulacro para ameaçar a funcionária.

O homem ainda obrigou a funcionária a entregar todo o dinheiro do caixa, além de celulares e outros objetos da loja. Assustada, a mulher obedece às ordens e, em seguida, Arlindo foge do local, andando.

Segundo a polícia, Arlindo havia sido preso em Capixaba neste mês, mas acabou sendo liberado utilizando uma tornozeleira. Ele cortou o monitoramento e tentou fugir para à fronteira, mas acabou preso novamente tentando passar uma motocicleta para o lado da Bolívia. Ele voltou a ser preso, porém, foi liberado mais uma vez usando tornozeleira, e a cortou novamente.

As imagens das câmeras de segurança foram enviadas para à Polícia Civil (PC) do município, que segue à procura do acusado. Até o fechamento desta matéria, Arlindo não havia sido preso.