Rio Branco, AC, 21 de abril de 2024 05:38

MPAC abre investigação sobre a morte de jovem após o parto, no Hospital Geral de Feijó

Facebook
Twitter
WhatsApp

Após a morte da jovem Maria Daiane Souza da Silva, de 25 anos, que faleceu após ter o seu terceiro filho no Hospital-Geral de Feijó, na última terça-feira(09), o Ministério Público do Acre (MPAC) por meio da Promotoria de Justiça Criminal de Feijó, instaurou uma notícia de fato para investigar a morte da jovem.

De acordo com o Promotor de Justiça substituto Lucas Nonato Araújo, a investigação tem por objetivo apurar se houve alguma prática do crime de homicídio culposo. Além disso, o MPAC solicitou ao hospital que forneça dentro de cinco dias o prontuário de Maria Daiane e mais informações sobre o ocorrido.

O MPAC também irá requerer por parte do Estado, mais informações sobre possíveis irregularidades durante o atendimento da jovem, bem como irá solicitar ao Conselho Regional de Medicina se houve alguma atuação irregular.

Além das apurações no âmbito da saúde, o MPAC buscará mais informações à Polícia Civil do município de Feijó sobre quais os procedimentos investigatórios que estão sendo adotados para averiguar o caso.

O que chama atenção para o caso, é que a Promotoria de Feijó já instaurou procedimento investigatório para melhorias na estrutura física e profissional do hospital.

Este espaço segue em aberto para mais atualizações sobre o caso.