Rio Branco, AC, 17 de junho de 2024 08:15

Polícia Penal realiza 3ª fase da Operação Mute em Rio Branco

Facebook
Twitter
WhatsApp

A Polícia Penal do Estado do Acre (PPAC), por meio da Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen) e do Ministério da Justiça e Segurança Pública, realizou na última quinta-feira (1), a 3ª fase da Operação Mute no complexo penitenciário de Rio Branco.

A operação que aconteceu em todo o Brasil, tinha por objetivo retirar celulares escondidos nas unidades prisionais, com a finalidade de combater o crime organizado. Também foram feitas revistas em áreas pertencentes ao Complexo, como na cozinha e alojamento dos presos que trabalham na cozinha.

Durante a operação foram retiradas das celas, celulares, tabaco, carregadores e objetos pontiagudos. A Operação teve o apoio da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), Força Integrada Contra o Crime Organizado (Ficco), Assessoria de Inteligência da Polícia Militar, Polícia Penal Federal, e Polícia Penal do Acre com os grupos especializados: Grupo Penitenciário de Operações Especiais (Gpoe), Grupo de Ações com Cães (Gac), Serviço de Operações e Escoltas (Soe) e Unidade de Monitoramento Eletrônico (Umep).

Segundo o Chefe da Divisão de Segurança e Execução Penal, do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), Avilmar Cavalcante, o Estado tem buscado medidas para inibir essas ações criminosas e assim diminuir os números de crimes.

“Nisso a gente consegue inibir cada vez mais as organizações criminosas, diminuindo ainda mais os crimes nas partes externas do presídio, e tentando manter com que a população tenha um pouco mais de segurança na nossa sociedade”, disse Avilmar.