Rio Branco, AC, 21 de abril de 2024 07:14

Secretário de educação vai gastar mais de R$ 30 milhões com Tablets, enquanto escolas sofrem com ausência de zelo

Facebook
Twitter
WhatsApp

A Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes do Acre (SEE-AC), vai gastar R$ 30.730.000,00 para comprar Tablets da Multilaser que de acordo com a ata, são para fins educacionais.

É sabido que para uma sociedade se desenvolver de forma equilibrada, é necessário que investimentos na educação sejam feitos para que assim os jovens e adolescentes possam ser tornar mediadores da mudança que espera-se no mundo. No entanto, é necessário haver responsabilidade com os recursos estaduais, especialmente o Acre que depende de repasses contínuos do Governo Federal.

O Secretário de Educação, Cultura e Esportes do Acre, Aberson Carvalho, pretende adquirir cerca de 70 mil tablets com ata e data de adesão deste material, do dia 16 de janeiro de 2024. Ao fazer um cálculo básico, nota-se que cada aparelho vai custar aos cofres púbicos, cerca R$ 439. No entanto, se for aberta uma barra de pesquisa no principal site de buscas do mundo, o Google, e digitar “Tablet Multilaser”, aparecerão algumas opções com preços bem mais inferiores do que o suposto pretendido pelo gestor da educação no Acre.

O Alerta Cidade tentou contato com Aberson Carvalho por meio do número com o final 0670, mas as ligações não completavam, impedindo assim a comunicação.

Nossa redação produziu dois ofícios para encaminhar ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) e Ministério Público (MP), para que tomemos ciência dos reais valores gastos pela secretaria de educação para com estes aparelhos, com a finalidade de trazer à luz todos os gastos acerca desta compra, e verificar um possível quadro de superfaturamento.

Vale ressaltar que investir na educação não é apenas comprar materiais tecnológicos, mas deve-se também trabalhar no básico, como o cuidado com as estruturas públicas estaduais de ensino, algo que nitidamente não acontece em diversas escolas, como na Escola Estadual de Ensino Jovem, Boa União, que como pode ser visto em imagens, está com o capim quase tão alto quanto os muros que cercam a instituição.

O Alerta Cidade deixa este espaço em aberto para eventuais esclarecimentos por parte dos evolvidos.