Rio Branco, AC, 16 de abril de 2024 05:32

Saúde do Acre realiza primeira cirurgia cardíaca em bebê de 10 meses, na maternidade Bárbara Heliodora

Facebook
Twitter
WhatsApp

Em um marco histórico para a saúde do Estado do Acre, a Maternidade Bárbara Heliodora, em Rio Branco, foi palco da primeira cirurgia cardíaca pediátrica, realizada nesta terça-feira (26), pelo Governo do Acre através da Secretaria de Estado de Saúde. O procedimento, uma ligadura de canal arterial patente, foi realizado em Rebeca, uma bebê de 10 meses diagnosticada com insuficiência cardíaca.

O Secretário de Estado de Saúde, Pedro Pascoal, destacou o significativo avanço para a saúde acreana, ressaltando o compromisso do governador Gladson Cameli em proporcionar tratamentos especializados na própria capital.

“Um grande avanço para o Acre, ter a cirurgia cardíaca pediátrica acontecendo na capital. Um direcionamento do nosso governador Gladson Cameli, para que nós levássemos humanização aos nossos pacientes. Anteriormente, encaminhávamos esses pacientes para fora do estado, sem uma rede de apoio familiar. E hoje estamos evoluindo na saúde acreana”, disse o secretário de Saúde, Pedro Pascoal.

De acordo com a mãe de Rebeca, após o diagnóstico ela ficou preocupada se teria que sair do Acre para realizar este procedimento.

“A Rebeca nasceu de parto normal, mas logo percebemos um cansaço nela. Quando voltei no médico, ele diagnosticou o sopro e disse que era caso de cirurgia. Eu me senti mal pensando que ia ter que ir para fora do Acre com ela. Quando me disseram que iam operar aqui mesmo fiquei mais alegre. Eu coloquei ela nas mãos de Deus e vai dar tudo certo”, declarou a mãe da paciente, Maria Liberdade Cavalcante.

A gerente-geral do Sistema Assistencial à Saúde da Mulher e da Criança (SASMC), Socorro Elizabeth de Souza, enfatizou que essa conquista reflete o comprometimento da gestão em aprimorar a assistência à saúde infantil.

“É um dia emocionante para todos nós que lidamos com essas crianças, pois essa cirurgia é a primeira entre várias que acontecerão. A equipe é composta por cirurgiões cardíacos pediátricos que farão a triagem de pacientes e organizarão o fluxo de cirurgias ao longo do ano, conforme as diretrizes do programa”, explicou