Rio Branco, AC, 29 de maio de 2024 12:16

No Dia dos Povos Indígenas governo do Acre anuncia investimentos para a implementação de internet via satélite para esta população

Facebook
Twitter
WhatsApp

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de  Educação, Cultura e Esportes (SEE), deve investir R$2.638.265 este ano para a implantação de internet via satélite e solução de segurança para 70 escolas indígenas. Segundo dados da Educação, são 151 escolas indígenas em todo o estado. Ao todo, em menos de dois anos, foram entregues 507 tablets em escolas de Feijó e Cruzeiro do Sul.

Cantos, estudo da língua materna, rituais e ensinamentos que podem ser agora compartilhados pela internet. Essa tem sido a realidade de escolas indígenas do estado, que nos últimos anos têm recebido internet e tablets como reforço na educação dentro dessas terras, que têm como desafio a logística para chegar até elas. Universalizar o acesso ao digital, mesmo nas áreas mais remotas, é garantir que os alunos da rede pública de ensino tenham as mesmas ferramentas de estudos, sejam eles da zona rural, urbana ou terra indígena.

Os relatos de quem já recebeu o aparelho são de mudança na forma de estudar, além de fortalecer a cultura, facilitar o contato, e proporcionar aos indígenas o acesso a um mundo de possibilidade. Em Feijó, são 35.426 habitantes, sendo 4.436 de pessoas indígenas, ou seja, 12,52% da população, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) baseados no último censo. Matriculados em escolas indígenas da cidade são pouco mais de 2 mil alunos.

O tablet para esses alunos traz a oportunidade de conectar tradição e inovação. E, ao contrário do que muitos possam pensar, não enfraquece a cultura desses povos.